Estilo de Vida Vida Saudável Yoga

Dicas Para Aliviar A Dor Nos Pulsos Durante A Prática De Yoga

As nossas mãos são usadas em muitas posturas (asanas) de Yoga como um segundo par de pés, exigindo muito dos nossos pulsos. Ou mesmo longas horas no teclado do computador, no telemóvel, tablet, movimentos repetitivos. Seja qual for a causa, o problema pode ser agravado quando se apoia o peso nas mãos durante a prática de Yoga.

Não só posturas de equilíbrio de braços como Kakasana (corvo) ou Adho Mukha Vrksasana (invertida sobre as mãos) colocam muita pressão sobre os pulsos, como muitos Adho Mukha Svanasana (cão com a cabeça para baixo), Kumbhakasana (prancha) ou mesmo posturas mais básicas como a Bidalasana (postura do gato).

Essas posturas são ótimas para fortalecimento da parte posterior do corpo, que muitas vezes falta a nós mulheres. Não queremos perder essas posturas de Yoga devido à dor no pulso. Ao mesmo tempo, queremos praticar o autocuidado e evitar o agravamento de nossa dor durante a prática.

Embora a dor no pulso possa exigir considerações e modificações especiais em muitas posturas, não precisa ser uma barreira para a prática de Yoga. Qualquer que seja o estado dos seus pulsos – atualmente doloridos, em recuperação ou felizmente sem problemas – lembre-se de que o Yoga foi criado para ser uma prática benéfica e curativa. Certifique-se de não sobrecarregar os pulsos com o Yoga. Há sempre alternativas, modificações, o Yoga é para ser praticado de forma confortável.

Algumas dicas para pulsos felizes

  • Inicialmente antes de qualquer postura que exija algum esforço dos pulsos, devemos fazer alguns exercícios de aquecimento com os mesmos.
  • Dobrar ou enrolar a frente do tapete para criar um pouco de amortecimento adicional, colocando o pulso na extremidade da porção enrolada, de forma que a ponta da mão e os dedos fiquem fora do tapete e no chão à frente, diminuindo um pouco o ângulo do punho.
  • Podemos colocar as mãos em cima de um suporte próprio para mãos e joelhos, aliviando a pressão nos pulsos.
  • Devemos verificar o alinhamento correto em que colocamos as mãos. Em vez de suportar a maior parte do peso na palma da mão, distribuir a carga uniformemente sobre uma superfície maior. Colocar as mãos na largura dos ombros, com os dedos abertos. Distribuir o peso uniformemente sob a base do dedo indicador, a base do dedo mindinho e a polpa do polegar. Evitar a sobrecarga na zona do pulso.

  • Como alternativa, podemos fazer as posturas de apoio nos antebraços, nas pontas dos dedos ou nos punhos (apenas se tivermos força suficiente).
  • Fortalecer o pavimento pélvico e o centro, especialmente os músculos abdominais profundos! A força central também tem um efeito de apoio nos pulsos. Fazer exercícios específicos para fortalecer essa área. 

Devemos praticar de forma consciente e em conexão com o corpo.

Siga-nos!